Mary Hopkin segue seu caminho em "Outra Estrada" (Another Road)em pleno 2020

Mary Hopkin segue seu caminho

em "Outra Estrada" (Another Road)em pleno 2020

 

Texto original Release Oficial Mary Hopkin
Tradução Marcia Maluf
Adptação e formatação Marco Antonio Mallagoli

 

Previsto para ser lançado em 31/08/2020 (em plena Pandemia), o que nos dá um sabor especial em saber que
bons momentos musicais virão por ai, a cantora Mary Hopkin, lançado pelos Beatles em 1968, e produzida por nada mais,
nada menos que Paul McCartney, lança seu novo album, em CD. 

capa net

Mary Hopkin está lançando seu novo álbum, “Another Road”, uma nova coleção de dez canções escritas,
executadas e produzidas pela própria Mary.
Mary diz que as canções são inspiradas por "fragmentos da história pessoal," e observações da vida em geral.
Seus vocais são íntimos, ainda que acompanhados por seus próprios assombrosos vocais de apoio,
que se tornaram sua assinatura.

Mary também toca os teclados, guitarra, percussão e até mesmo o acordeão herdado de sua mãe.
Embora há muito aposentada dos assuntos musicais, Mary ainda escreve e grava no estúdio de sua casa.
Ela vive calmamente longe dos olhares do público, mas a música ainda é grande parte de sua vida.

‘Another Road” é o 12o lançamento no Mary Hopkin Music, um selo independente fundado por sua filha,
Jessica Lee Morgan (também compositora e cantora) em 2005. (*)
(*)Siga ela no You Tube - Jessica Lee Morgan

O selo permitiu que Mary lançasse seu arquivo (*) e novas músicas, sujeita às seguintes regras: nenhuma apresentação ao vivo, sem turnês, sem entrevistas, sem autógrafos.
(*) Por sinal um arquivo sensacional, entre no site e veja os CDs  lançados por ela, muita raridade e material de ótima qualidade.

E com a exceção de um dia de entrevistas à imprensa em 2010, ela tem feito exatamente isso. No entanto, ela gosta ocasionalmente de trocas pelo Twitter, e Jessica tem dado entrevistas em nome dela.
Jessica e seu parceiro, Christian Thomas, encorajaram Mary a aprender a gravar seus próprios vocais e Instrumentos, para que ela tivesse controle completo sobre o que faz.
Como suporte, o engenheiro Christian faz as mixagens e toca baixo e Jessica toca guitarra, saxofone e piano e canta quando necessário, e também gerencia o selo, fazendo a distribuição e publicidade do material.

Eles terminaram  o álbum remotamente no último mês, Mary enviando as sessões a Christian, para adicionar partes e mixar, depois recebendo de volta via Dropbox e colaborando via Skype.
Eles prefeririam trabalhar juntos pessoalmente, mas as circunstâncias atuais tornaram isso impossível.

Mary vem escrevendo canções há anos, mas não conseguiu mostrar seus talentos até depois de deixar a Apple Records
em 1971, onde atingiu fama e sucesso mundiais com sucessos como 'Those Were The Days' e 'Goodbye'. (*)
(*) Sucesso em 1968/1969, quando “Those were the Days” disputou o primeiro lugar das paradas de sucesso
com a gravação de “Hey Jude”, dos Beatles. Um detalhe, Mary foi descoberta por Paul McCartney que produziu
a canção e seu primeiro album, o maravilhoso "Postcard" assim como compôs e produziu a musica “Goodbye”.

Ela gravou algumas de suas canções com seu então marido, Tony Visconti em meados e fins de 1970 que foram lançados juntamente com outras capas no selo Mary Hopkin Music.
Ela coescreveu e executou um álbum com seu filho, Morgan Visconti, chamado 'You Look Familiar' em 2010.

Em 2013, ‘Painting by Numbers’ foi lançado, uma coleção de demos escritos por Mary.
Em 2018 Mary regravou e lançou 'Those Were The Days' com Jessica e Morgan para celebrar o 50o Aniversário.

O álbum está disponível em CD diretamente de Mary Hopkin Music em http://www.maryhopkin.com
e será lançado em meios digitais até o fim deste ano.

Contatos:

Twitter: //twitter.com/@themaryhopkin

Twitter: //twitter.com/@maryhopkinmusic

Facebook: Facebook.com/maryhopkin